Follow:
Tendências de Moda

Ugly fashion, uma tendência

Os jeans de estética retro, que são confortáveis mas não embeleza um look. Os sapatos robustos, as silhuetas desproporcionais, o maximalismo e os acabamentos excessivos representam o movimento “ugly fashion”  a moda que se pauta pela excentricidade.

Ugly fashion – ou “moda feia”, em português – significa uma tendência para aqueles que vão em contra partida as tendências consideradas “na moda”.

Megan Collins, da empresa de previsão de tendências Trendera, em declarações ao portal de moda Fashionista afirma:

“A conversa entre moda, beleza e fealdade sempre existiu, mas esta é a primeira vez que vivemos numa cultura onde tantas pessoas participam dessa conversa”.

Entretanto, há uma diferença entre a “moda feia” e a “roupa feia”, como destacou a stylist de celebridades Dani Michelle.

“A moda feia (ugli fashion) refere-se a uma determinada tendência, década ou design que podem não ser os mais lisonjeiros nem esteticamente deslumbrantes, explica, ressaltando que roupa feia são, somente, peças mal desenhadas”.

Mas, como se chegou à ugly fashion?

Há muitos fatores que influenciam no movimento ugly fashion, mas o principal pode ser destacada como o auge do normcore, a atitude antimoda que, ironicamente, se assumiu tendência há cerca de três anos.

De acordo com o portal de tendências WGSN, o normcore veio  para ficar mas está, também, em mutação, dando lugar ao sportcore.

A expressão normcore foi associada pela K-Hole, uma agência de cinco artistas que os media apelidam de “millennial whisperers” (uma espécie de reveladores do que acontece dentro da cultura jovem) e é definida pelo Urban Dictionary como: uma subcultura que tem por base a adoção consciente e artificial de itens que caíram no uso generalizado, são aceitáveis ou inofensivos.

Normcore e sportcore

A moda de “ser normal”, que despontou em 2014, recebe influências da tendência agender e, também, do athleisure – daí ter desambiguado no sportcore.

O sportcore é  uma atualização do nostálgico normcore. A tendência se apresenta recuperando marcas da velha guarda, seus respetivos logotipos, e as silhuetas clássicas do denim.

“Houve uma explosão da ugly fashion devido ao normcore”, confirma Collins.  Essa explosão aconteceu também com o surgimento dos influenciadores virtuais de moda, que disseminam as tendências para que as pessoas possam a adotá-las mais rapidamente. Esses fatores ajudam os criadores a produzirem peças que são impulsionadas pelas mídias sociais.

“Vivemos num mundo em que as nossas vidas estão constantemente em exposição e não queremos ser vistos vestidos como todos os outros – estamos tão preocupados com a construção de uma marca pessoal que seja única, especial e tenha uma perspetiva diferente”, reforça Collins.

A tendência ugly fashion é diferente e, no entanto, familiar – a sua raiz está na influência da década de 1990 na indústria. É o resultado da natureza cíclica da moda e, curiosamente, das gerações mais jovens, como os millennials e os membros da geração Z.

Fonte: Portugal Textil

Gostou do post? Então deixa seu comentário aqui e me conta o que achou do look. 

Veja também:

Previous Post Next Post

No Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: